Seja Bem Vindo ao Maior Portal de Estudos do Preterismo Completo do Brasil Para a Glória de Deus!

Postados até aqui...

Loading...

Translate

terça-feira, 28 de julho de 2015

ESCATOLOGIA DE ALIANÇA OU CÓSMICA?
















William Bell

Um  dos grandes  problema cristãos (e não cristãos) têm sido  a incapacidade de compreender adequadamente a natureza da escatologia ensinada na Bíblia. É BOM QUE SE ENTENDA É QUE AS  Profecias escatológicas não estão focados em dissolução cósmica material, mas na transformação de aliança. Em outras palavras, "escatologia " é o ensinamento bíblico mais exato.
O que é a escatologia de Pacto? É a transição da Antiga Aliança do pecado e da morte de Israel, muitas vezes chamado o ministério da morte (2 Cor. 3) ou Torá, com a nova aliança (ministério da vida). É a realização de um novo mundo de justiça em que "o pecado" sob a qual o homem caiu no jardim é removido por meio de Cristo através de sua morte e parousia ("segunda" vinda).


O que os cristãos devem entender sobre o Fim do Mundo?

A Bíblia, em vez de ensinar que o fim do mundo está próximo, realmente ensina exatamente o oposto. A crença de que o mundo vai acabar algum dia (geralmente acredita-se ser iminente e em nossa geração) é uma distração e leva ao escapismo. Isso faz com que nós filhos de Deus vejamos o mundo como secular, em vez de espiritual e, portanto, resulta em uma mentalidade de abandono.
Cristãos se reúnem e trata do fim do planeta terra como o "mal", fugindo assim para o refúgio seguro dos edifícios e metrópoles para a espera no Senhor nas nuvens. Este é um paradigma horrível e vemos os resultados horríveis onde o mundo de hoje é descrito como um lugar mal que precisa de uma purgação pelo fogo.
Ao tomar um olhar rápido do "fim", podemos ver que Deus não está preocupado com o fim do mundo em que vivemos nem ele vem por meio das Escrituras assumir que a terra um dia será livre de todas as pessoas más. Em Apocalipse 22, após o novo céu e a terra chegar, a cidade santa de Deus Nova Jerusalém desceu do céu para estar com os homens na Terra, (Apocalipse 21: 1-3). Porém nós ainda encontrarrmos maldade na terra. Considere o que Deus diz sobre aqueles que estão fora da cidade santa. “Bem-aventurados aqueles que guardam os Seus mandamentos, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar pelas portas na cidade. Fora ficam os cães, os feiticeiros, adúlteros, os homicidas, os idólatras, e todo aquele que ama e pratica a mentira.” (Apocalipse 22: 14-15)
Não só Deus decidiu que não iria dar  fim do mundo, ele também afirmou que ele não iria destruir todos os ímpios como ele fez uma vez durante o dilúvio. Considere a sua avaliação do homem após o dilúvio nos dias de Noé. A ocasião do dilúvio foi a maldade do homem, Gênesis 6: 5-7, 12-13.
No entanto, após o dilúvio, Deus disse, mesmo que o coração do homem seja má continuamente, ele nunca iria destruir todos os seres vivos, como tinha feito! "E o Senhor cheirou o aroma calmante. Então disse o Senhor em Seu coração. "Eu nunca vou a amaldiçoar a terra por causa do homem, embora a imaginação do coração do homem é má desde a sua mocidade; nem vou novamente destruir todos os seres vivos como fiz. "(Gn 8:20). 
Deus não apenas fez uma promessa de nunca destruir todos os seres vivos, como ele também prometeu que enquanto a terra permanecer ela permaneceria sob seu cuidado protetor com promessas de fornecimento de alimentos, para sustentar a vida no planeta e  nunca cessar, (Gen. 8:21).

Seguir por e-mail

Comentários recentes