Seja Bem Vindo ao Maior Portal de Estudos do Preterismo Completo do Brasil Para a Glória de Deus!

Postados até aqui...

Loading...

Translate

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Ele Destruiu o Templo Feito Com Mãos e construiu outro não feito com mãos.


"Nós ouvimos-lhe dizer: Eu derrubarei este templo, construído por mãos de homens, e em três dias edificarei outro, não feito por mãos de homens." Marcos 14:58

Por Don K. Preston

Como Jesus estava em julgamento, ele foi acusado de muitas coisas. Algumas das acusações eram verdadeiras, outras não. Uma das verdadeiras acusações é encontrada no texto acima e tem profundas implicações para a teologia e a escatologia Bíblica.
Hoje ouvimos muita coisa sobre a reconstrução do templo. Dizem-nos que os judeus e rabinos em Jerusalém estão recolhendo materiais e treinando homens para servir como sacerdotes no suposto e iminente templo que será reconstruído. Sionistas como John Hagee, Hal Lindsay, Jack Van Impe e uma multidão de outros levantam milhões de dólares todos os anos para apoiar Israel e fazem muitos esforços para reconstruir o templo. 
O Antigo Testamento certamente predisse a construção do Templo Messiânico, porém não como eles imaginam. Veja Isaías 2: 2, por exemplo, onde "o monte da casa do Senhor será estabelecido". Esta é uma referência direta ao Templo Messiânico. Em Zacarias 6:12-13, o profeta predisse a vinda do "Renovo", que edificaria o templo do Senhor e se assentaria no trono como rei e sacerdote.
Que tipo de templo essas profecias se referem? Era um edifício físico em Jerusalém? É para ser um edifício literal sentando-se outra vez em sua posição geográfica no monte do templo, apesar do fato que o templo muçulmano ocupa essa posição como se permitiria tal coisa? (A ideia de que há espaço para ambos os edifícios é simplesmente uma tentativa de permitir que o templo desejado seja edificado de uma vez por todas. Logo, toda tentativa de construir um templo  perto da cúpula muçulmana resultaria em uma drástica guerra! Alguns sionistas entendem que haverá necessidade dessa guerra para a reconstrução do templo!.

Agora vejam; O que aqueles que aguardam  tal templo estão negligenciando é que a Bíblia é muito clara que o Templo Messiânico não seria um edifício físico em um todo! Observe a acusação - que era verdade - contra Jesus: ele edificará outro (templo) não feito com mãos. “Essa acusação exige um pouco de atenção”.
Nas profecias do V.T do Templo Messiânico, nos dizem que a fundação desse templo seria uma pessoa viva, não uma pedra de granito ou mármore! Em Isaías 28, que contém a predição da colocação da pedra fundamental, nos é dito que aqueles que confiarem nele não se envergonharão. Agora, em flagrante contraste com a condenação do A.T dos que confiam no templo físico (veja Jeremias 7 especialmente), Isaías estava dizendo que o Templo Messiânico deveria ser acreditado e confiado.
O que é tão significativo sobre isso, é claro, é que os escritores do N.T inequivocamente dizem que Cristo é que é a pedra angular! Pedro afirma isso em termos inequívocos em 1 Pedro 2: 6. Veja também Atos 4: 11 onde Pedro aplica a profecia de Salmos 118: 22, a profecia da pedra rejeitada tornando-se a principal pedra angular do templo, citação diretamente a Jesus e sua rejeição pelos líderes judeus.
Então, haveria um Templo Messiânico com certeza. No entanto, esse Templo seria um templo vivo, construído sobre uma pedra de fundação viva! E há mais a ser encontrado em Marcos 14:58. Observe a referência ao templo "não feito com as mãos". Como Timothy Gray observa: "A palavra" feito com as mãos "é encontrada 14 vezes na Septuaginta, e em todos os casos descreve como ídolos. Esta observação é muito conseqüente, pois a descrição do templo de Jerusalém "como feita com as mãos" não é simplesmente dizer que o templo é feito deste mundo mas que se tornou um ídolo "(Timothy Gray, The Temple in Mark , (Grand Rapids, Baker Academic, 2008) 175).

Este foi o fundo que foi fatal na audiência de Jesus e até mesmo no Sinédrio quando ouviram a acusação. Além disso, no N.T encontramos um contraste constante entre o culto do A.T e as coisas que identificavam Israel como o povo de Deus e as coisas de Cristo como coisas que não foram feitas com mãos. Estêvão perdeu a vida por dizer aos judeus - como ele estava em seu templo (não no idolatrado) "O Altíssimo não habita em templos feitos com mãos" (Atos 7:48). Tudo o que ele fez foi citar a própria escritura!  Para eles o templo não poderia ser um lugar de habitação de Deus no reino, e eles o mataram por isso!

Paulo contrastou a circuncisão feita com as mãos - a circuncisão sendo um dos principais marcadores dos filhos de Deus - em contraste com a circuncisão de Cristo, a circuncisão não feita com mãos (Colossenses 2: 11-12).
Hebreus fala do "verdadeiro tabernáculo" sobre o qual Jesus ministra como sumo sacerdote, e diz que é o "verdadeiro tabernáculo" aquele que Deus lançou e não o homem. O templo da Nova Aliança de Cristo não é feito com as mãos. Ele é a pedra fundamental viva do verdadeiro tabernáculo. Então, o autor de Hebreus diz que o Templo da Antiga Aliança era a Nova Aliança, o Templo Messiânico que é "maior e mais perfeito" que o Antigo, "Que não é desta criação" (Hebreus 9:11).
Gostaria de sugerir que aqueles que antecipam um futuro edifício físico que pensem cuidadosamente nessas palavras.
O Novo Templo da Aliança de Cristo é "maior e mais perfeito" do que o magnífico Templo de Herodes.
O Templo Messiânico de Cristo é "verdadeiro" em oposição ao velho.
É maior e mais perfeito.
Não é "desta criação.
Poderia algum edifício físico futuro, feito com as mãos, superar ou mesmo igualar o verdadeiro tabernáculo que Cristo já construiu sobre si mesmo como a principal pedra angular?


Todos os prognósticos sobre um futuro Templo Messiânico são infundados e baseados em um mal-entendido do que a Bíblia realmente predisse. Os acusadores de Jesus acertaram! Jesus disse que iria destruir o antigo templo feito com as mãos (e ele fez!), E construir outro templo não feito com as mãos. Ele manteve sua palavra, e agora "O tabernáculo de Deus está com o homem!" (Apocalipse 21: 3-4).

Seguir por e-mail

Comentários recentes