Seja Bem Vindo ao Maior Portal de Estudos do Preterismo Completo do Brasil Para a Glória de Deus!

Postados até aqui...

Loading...

Translate

terça-feira, 22 de março de 2016

A incredulidade judaica da igreja de Cristo sobre o cumprimento profético.

        Por Erivelto Soares
“Disse-lhe, pois, Pilatos: Logo tu és rei? Jesus respondeu: Tu dizes que eu sou rei. Eu para isso nasci, e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz.” João 18:37
A vinda do Senhor Jesus, o nascimento do Emanuel em cumprimento profético a respeito do messias e Rei dos Judeus foi marcado pela incredulidade de seu próprio povo.
Jesus foi profetizado por diversos profetas no Antigo Testamento com detalhes impressionantes. Foi dito que o Messias viria de uma virgem: “Portanto, o Senhor mesmo vos dará um sinal: eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho e lhe chamará Emanuel.” (Isaías 7. 14). Até o local de seu nascimento foi detalhado: “E tu, Belém-Efrata, pequena demais para figurar como grupo de milhares de Judá, de ti me sairá o que há de reinar em Israel, e cujas origens são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.” (Miqueias 5. 2). E também o texto claríssimo de Isaías 53. 1 -12 (uns 600 anos antes de Cristo) mostra de forma impressionante o Messias Jesus Cristo.
Os judeus da época viviam em grande expectativa que o messias fosse um estadista e grande homem de guerra que os livrariam da opressão romana e seus aliados. Achavam que o messias seria um Rei tipo Davi! Porém não foi como eles pensavam.
Jesus nasce como filho de um carpinteiro, sem nenhuma riqueza ou poder político. Não era o Messias que eles queriam. Com relação a isso a Bíblia também nos revela: Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. João 1:11
Jesus pregava misericórdia, amor, compaixão e não incitava a ninguém uma possível rebelião contra os romanos. Eles o viam como um “Zé ninguém” mesmo em meios às curas milagrosas que Ele realizava ao longo de seu ministério: “Não é este o filho do carpinteiro? Não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos, Tiago, José, Simão e Judas? Não vivem entre nós todas as suas irmãs? Donde lhe vem, pois, tudo isto? E escandalizavam-se nele. Jesus, porém, lhes disse: Não há profeta sem honra, senão na sua terra e na sua casa.” (Mt 13. 55-57)

Logo fica claro que os judeus não aceitam a Jesus Cristo porque preferem olhar para a sua própria vontade e não para a vontade de Deus. As evidências são plenas de que Jesus é o Messias prometido por Deus. Infelizmente até hoje existem Judeus que não veem Jesus como o Messias prometido. Ainda aguardam um Messias que não virá, pois já veio.
Muito bem, o senário do escarnio de Jesus como o messias pelos judeus se deu e se dá pelo fato de sua incredulidade! Pois por mais que as escrituras nos deem subsídios inequívocos que Jesus foi o messias predito pelos profetas. Assim é nos dias de hoje quanto à igreja (A Israel de Deus) está totalmente incrédula quanto a Parusia e o tempo do fim já terem ocorrido na história.
Inúmeras passagens levam-nos a entender a questão do tempo de forma absoluta na bíblia:                       
"Quando, porém, vos perseguirem numa cidade, fugi para outra; porque em verdade vos digo que não acabareis de percorrer as cidades de Israel antes que venha o Filho do homem." Mateus 10:23
Quando Jesus voltará? 
Resposta: No tempo em que os seus discípulos estivessem anunciando o evangelho em Israel.
Observação: Segundo a veracidade desse texto por ser inspirado por Deus, me diga; qual discípulo entre os doze (Mateus 10:1-6) ainda vive anunciando o evangelho em Israel?


"Porque o Filho do homem há de vir na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então retribuirá a cada um segundo as suas obras. Em verdade vos digo, alguns dos que aqui estão de modo nenhum provarão a morte até que vejam vir o Filho do homem no seu reino." Mateus 16:27-28
Quando Jesus voltará?
Resposta: Em um momento da história em que alguns do que ouviram essa declaração não teria ainda morrido!
Observação: Segundo a veracidade desse texto por ser inspirado por Deus, me diga: Quem daqueles que ali se encontraram, que ainda está vivo hoje, para que veja o Senhor vindo no juízo final distribuindo a cada um segundo as suas obras e de posse de seu Reino?

"Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão vir o Filho do homem sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. E ele enviará os seus anjos com grande clangor de trombeta, os quais lhe ajuntarão os escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus. Aprendei, pois, da figueira a sua parábola: Quando já o seu ramo se torna tenro e brota folhas, sabeis que está próximo o verão. Igualmente, quando virdes todas essas coisas, sabei que ele está próximo, mesmo às portas. Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas essas coisas se cumpram".Mateus 24:30-34
Quando Jesus voltará?
Resposta: Antes de findar sua geração!
Observação: Segundo a veracidade desse texto por ser inspirado por Deus, me diga: A geração referida no texto acima é verdadeiramente a do século XXI?
 

"Respondeu-lhe Jesus: Se eu quiser que ele fique até que eu venha, que tens tu com isso? Segue-me tu." João 21:22
Quando Jesus voltará?
Resposta: No período em que o discípulo amado (João) ainda estivesse vivo!
Observação: Segundo a veracidade desse texto por ser inspirado por Deus, me diga: João ( O discípulo amado) está vivo ainda?

"Jesus, porém, guardava silêncio. E o sumo sacerdote disse-lhe: Conjuro-te pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho do Deus. Respondeu-lhe Jesus: É como disseste; contudo vos digo que vereis em breve o Filho do homem assentado à direita do Poder, e vindo sobre as nuvens do céu." Mateus 26:63-64
Quando Jesus voltará?
Resposta: No período em que as autoridades do sinédrio do tempo da crucificação de Cristo estivessem vivos! 
Observação: Segundo a veracidade desse texto por ser inspirado por Deus, me diga: Onde podemos encontrar um componente do sinédrio do tempo da crucificação de Jesus?
Jesus enfaticamente disse aos Seus discípulos que Ele voltaria dentro de sua geração. Então pergunte a si mesmo. Será que Jesus mentiu? Jesus era errado? Será que Jesus se contradisse, errou em suas predições? Se Ele não voltou quando ele disse que faria na vida de Seus discípulos, então ele mentiu! O que significaria dizer que Ele não poderia ser o Filho de Deus! O seu Salvador!

Por maiores que sejam as evidencias de tudo já ter se consumido, não é de admirar que a igreja (corpo de Cristo) esteja equivocada?    
Logo fica claro que a igreja de Cristo não aceita o fato das profecias terem se cumprido em 70 d. C porque preferem olhar para a sua própria vontade e não para a vontade de Deus. As evidências são plenas de que Jesus já veio nas nuvens do céu e reina soberanamente hoje. Infelizmente até hoje existem cristãos que não acredita nisso! Ainda aguardam a vinda de Cristo que não virá, pois já veio! É pura incredulidade!

Enquanto a Igreja de Cristo não entender que tudo aconteceu na invasão romana sobre Jerusalém em 70 d.C, pois só essa data corresponde os textos acima citado quanto ao tempo da vinda de Jesus, ela (A Igreja) viverá em uma expectativa absolutamente frustrada do fim do mundo e do Juízo final! Muitos dizem; “Mas como estamos vivendo novos céus e nova terra se ainda sofremos”? Veja! Será que temos que desconsiderar uma verdade objetiva sobre a segunda vinda já consumada pelo fato da minha não aceitação? Será que minha incredulidade deva está acima da suficiência das escrituras? Veja mais um texto bem definido sobre a questão onde tudo se cumpriu:
“Mas, quando virdes Jerusalém cercada de exércitos, sabei então que é chegada a sua desolação. Então, os que estiverem na Judeia, fujam para os montes; os que estiverem no meio da cidade, saiam; e os que nos campos não entrem nela.
Porque dias de vingança são estes, para que se cumpram todas as coisas que estão escritas.” Lucas 21:20-22

Veja! TODAS AS COISAS QUE ESTÃO ESCRITAS SE CUMPRIRAM QUANDO? Quando Jerusalém foi desolada pelos romanos em 70 d.C! O reino espiritual foi implantado! Os sofrimentos não tem poder quanto a obra de Cristo em nós! Nessa nova aliança somos; Abençoados, Redimidos, Justificados, estamos assentados em lugares celestiais com Cristo! Não passaremos mais pela morte pois ela foi destruída! Somos reinos e sacerdotes para sempre! Quem nos separará de Cristo? Os sofrimentos? Perigo? Fome? Crise?...
O Problema é a incredulidade que não deixa que a grande maioria não enxergue as coisas espiritualmente! Elas vivem por fé naquilo que se vê e não por fé por aquilo que somos em Cristo. Logo, precisamos ser mais crentes se verdadeiramente a Bíblia tem razão.
Faça um exame mais detalhado dessas questões e desfrute do descanso de Deus pra tua alma, Se você acha um absurdo que Judeus ainda hoje não tenha percebido que o messias já veio, deveria olhar pra si mesmo se você ainda vive no aguardo de alguma cumprimento profético.

Soli Deo Gloria!




Nenhum comentário:

Seguir por e-mail

Comentários recentes