Seja Bem Vindo ao Maior Portal de Estudos do Preterismo Completo do Brasil Para a Glória de Deus!

Postados até aqui...

Loading...

Translate

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Entendendo o cumprimento de Lucas 21:22


Você percebeu o que Jesus quis dizer quando toda a profecia seria cumprida? Leia Lucas 21:22. Porque dias de vingança são estes, para que se cumpram todas as coisas que estão escritas.

Aqui é o contexto. Jesus estava predizendo a queda de Jerusalém, ver versículos 5-7. Ao descrever esse evento ele disse que "todas as coisas que estão escritas devem ser cumpridas." Aqui estão alguns fatos interessantes.
O pré-milenismo diz que a única parte do Sermão do Monte, (que está em Mateus 24 e os paralelos, Marcos 13, Lucas 21), que se aplica à destruição de Jerusalém é Lucas 21:20-24. Eles insistem que o resto fala do nosso tempo, a Grande Tribulação, a restauração de Israel, etc. Há um problema aqui.
Quando se admite que Lucas 21:22 fala da destruição de Jerusalém e de sua geração ( De Jesus), Lucas 21:32, você está admitindo, então que, não há profecias ainda a serem cumpridas! Jesus disse naqueles dias da queda de Israel " todas as coisas que estão escritas devem ser cumpridas. " Quantas profecias são deixados de fora se o texto diz que são "todos?" Jesus disse todas as profecias ", exceto" alguns que seria cumprida naquela época? As palavras de Jesus aqui deveriam fazer-nos repensar os nossos conceitos de profecia e de "últimas coisas" Não concorda?
O problema é que estamos tão acostumados a pensar em maneiras literais quando lemos sobre o "fim dos tempos", dia de vingança que não conseguimos descobrir o verdadeiro significado bíblico destas idéias. O "tempo do fim", por exemplo, não é "o fim dos tempos." (Na verdade, esse termo não se encontra em qualquer tradução apropriada da Bíblia.) Biblicamente, "o tempo do fim", quando toda a profecia seria cumprida, foi o fim da Idade Antiga de Israel e o pleno estabelecimento do Novo Mundo da Idade do Messias. Isto é o que relatou as 70 semanas de Daniel. Tem tudo a ver, e corresponde perfeitamente com o que Jesus disse sobre quando toda a profecia seria cumprida. É Também o mesmo "fim dos tempos" que os discípulos perguntaram a respeito em Mateus 24:3.
Quando nós erroneamente acreditamos que a Bíblia está preocupado com o "fim dos tempos" em vez do "tempo do fim" não podemos permitir que as palavras de Jesus em Lucas 21:22  falar por si.Quando deixamos de lado nossas idéias preconcebidas, e permitir que a Bíblia nos diga quando as coisas estavam a ocorrer, chegamos mais perto da verdade.
Lucas 21:22 não é o único versículo que nos diz quando todas as profecias era para ser cumprida e todos eles concordam com Jesus em Lucas 21:22.

http://www.eschatology.org

Entendendo o cumprimento de Lucas 21:22



terça-feira, 22 de novembro de 2011

A Grande Meretriz: Roma ou Jerusalém?



Apocalipse 17 levanta um assunto que poucos tem tido o entendimento para discernir. Afinal; Quem é a prostituta babilônia? Roma (Vaticano) ou Jerusalém antes de 70d.C. Vamos ver o que a Bíblia diz sobre a questão.


CÓDIGO DO NOME
Apocalipse 17:5-6
"Na sua fronte estava escrito um nome, que é um mistério," a grande Babilônia, a mãe das prostituições e das abominações da terra. " Vi que a mulher estava embriagada do sangue dos santos e do sangue das testemunhas de Jesus. Quando eu a vi fiquei muito impressionado ".
Babilônia era um nome de código, um "mistério". Compare como Jerusalém é chamada de nomes de código semelhantes, como Sodoma, Gomorra, e do Egito. Todos estes, Sodoma, Gomorra, do Egito e Babilônia são todos os inimigos notórios do povo de Deus.
Isaías 1: 1, 9-10
"A visão que Isaías, filho de Amoz, teve a respeito de Judá e Jerusalém nos dias de Uzias, Jotão, Acaz e Ezequias, reis de Judá.
... 9 Se o SENHOR dos Exércitos não nos tivesse deixado um remanescente escasso, nós tínhamos se tornado como Sodoma, deveríamos ser como Gomorra. Ouvi a palavra do Senhor, príncipes de Sodoma! Ouça a instrução do nosso Deus, povo de Gomorra! "
Moisés adverte os judeus como se Deus vinhesse puni-los e destruir suas terras se eles abandonassem o pacto.
Deuteronômio 29: 22-24
"... e toda sua terra, abrasada de enxofre e sal, será um desperdício em chamas, não se semeará e será infrutífera, sem uma folha de grama, destruída como Sodoma e Gomorra, Admá e Zeboim, que o Senhor destruiu na sua ira furioso, eles e todos os as nações vão perguntar: 'Por que o Senhor fez, assim com esta terra? Por que essa explosão de ira feroz? E a resposta será: 'Porque abandonaram a aliança que o Senhor, o Deus de seus pais, tinha feito com eles quando os tirou da terra do Egito ... "
Jeremias 23:14
"Mas, entre os profetas de Jerusalém vi obras ainda mais chocante:, vivendo em mentiras, se aliar com o ímpio, de modo que ninguém liga do mal; Para mim, eles são todos como Sodoma, os seus cidadãos como Gomorra. Adúlteros"
Romanos 9:27-29
"Também Isaías clama acerca de Israel:" Embora o número dos israelitas eram como a areia do mar, apenas um remanescente será salvo; decisiva e rapidamente para o Senhor irá executar a sentença sobre a terra. E, como Isaías profetizou: "Se o Senhor dos Exércitos não nos tivesse deixado descendência, teríamos tornado como Sodoma e teria sido feitos como Gomorra.
João, em seu livro do Apocalipse continua esse uso de nomes de código para a "grande cidade". Ele está usando o simbolismo para se referir a pessoas que tinham traído o povo de Deus.
Apocalipse 11:8
"Seus corpos se encontram na rua principal da grande cidade, que tem 'Sodoma simbólico nomes e" Egito ", onde na verdade o seu Senhor foi crucificado."
Esta passagem em Apocalipse 11: 8 é muito importante, porque nos fornece uma plena pista a respeito de onde essa "grande cidade" é. " seu Senhor foi crucificado lá!. Trata-se de Jerusalém.


BABILÔNIA "é chamada a cidade GRANDE
Apocalipse 18:10
"Eles vão manter a sua distância para o medo do castigo infligido a ela, e eles vão dizer:" infelizmente, grande cidade, Babilônia, cidade poderosa Em. Alas uma hora seu julgamento chegou. " "


Jerusalém é chamada também a cidade grande.
Jeremias 22:4-8
"Se você executar esses comandos, reis que suceder ao trono de Davi, continuarão a entrar nos portões do palácio, andando em carros e montados em cavalos, com seus ministros, e seu povo. Mas se você não obedecer a estes comandos , eu juro por mim mesmo, diz o SENHOR: o palácio passa a ser o entulho:. Porque assim diz o SENHOR acerca do palácio do rei de Judá Apesar de ser para mim como Gileade,como o pico do Líbano, eu vou te transformar em um desperdício, uma cidade desabitada. Contra você eu enviarei destruidores, cada um com seu machado: eles cortarão os seus cedros escolhidos, e lançá-los no fogo. Muitas pessoas irão passar por esta cidade e pedir uns aos outros: «o Senhor tem feito isso com essa tão grande cidade?


"Babilônia" e as mortes dos profetas
Apocalipse 17:5-6
"Na sua fronte estava escrito um nome, que é um mistério," a grande Babilônia, a mãe das prostituições e das abominações da terra. " Vi que a mulher estava embriagada do sangue dos santos e do sangue das testemunhas de Jesus. Quando eu a vi fiquei muito impressionado ".
Apocalipse 18:24
24 Nela foi encontrado o sangue dos profetas e santos e todos os que foram mortos sobre a terra. "NAB
Compará-los com essas afirmações sobre Jerusalém
Lucas 11:47-51
"Ai de vós! Vocês constroem as memórias dos profetas, e vossos antepassados mortos.Conseqüentemente, vocês testemunham e dão o consentimento para os atos de seus antepassados, porque eles os mataram e vocês fazem o edifício sobre eles. Portanto, a sabedoria de Deus disse: 'vou enviar-lhes profetas e apóstolos, alguns deles, eles vão matar e perseguir "a fim de que esta geração possa ser cobrada com o sangue de todos os profetas, derramado desde a fundação do mundo, desde o sangue de Abel até ao sangue de Zacarias, que morreu entre o altar e o templo.Sim, eu vos digo, esta geração será cobrada com o seu sangue! "
Lucas 13:31-34
"Naquele tempo alguns fariseus se aproximaram dele e disseram: 'Vá embora, deixe esta área, porque Herodes quer matar-te.' ... Mas eu devo continuar em meu caminho, hoje, amanhã e no dia seguinte, pois é impossível que um profeta morra fora de Jerusalém. "Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os enviados a você, quantas vezes eu ansiava por reunir os teus filhos como a galinha ajunta os seus pintinhos debaixo das asas, mas vocês não quiseram!" "
Mateus 23:29-36;
"Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas. Vós edificais os túmulos dos profetas e adornam os monumentos dos justos, e dizeis:" Se tivéssemos vivido no tempo dos nossos antepassados, não teríamos se juntado a eles para derramar o sangue dos Profetas "Assim dais testemunho contra vós mesmos que sois filhos dos que assassinaram os profetas; Serpentes, raça de víboras, como vocês poderão fugir do julgamento? Portanto, eis que eu vos envio profetas, sábios e escribas, algumas deles vocês matarão e crucificarão, alguns deles e perseguirão de cidade em cidade, de modo que venha sobre vós todo o sangue justo derramado sobre a terra, desde o sangue do justo Abel até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que mataste entre o santuário e o altar. Amém, eu digo a vocês, todas estas coisas hão de vir sobre esta geração. "
24:34
"Em verdade, vos digo, esta geração não passará até que todas estas coisas aconteceram."
Uma cidade com roupas finas E PEDRAS PRECIOSAS
Apocalipse 18:16-17
"... Ai, ai da grande cidade, vestindo linho fino, de púrpura e escarlate, adornada (em) de ouro, pedras preciosas e pérolas. Em uma hora desta grande riqueza foi arruinada."
Êxodo 35: 30-36:
"Moisés disse aos israelitas:" Eis que o SENHOR escolheu Bezalel... Da tribo de Judá, e encheu-o com um espírito divino da habilidade e da compreensão e do conhecimento em cada ofício: na produção de bordados, em fazer as coisas de prata ou bronze, no corte e montagem preciosos, pedras em talha de madeira, e em todos os outros. Ofício de ouro... Ele dotou-os com habilidade para executar todos os tipos de trabalho: gravura, bordado, confecção de pano variegado de violeta, roxo e fios escarlate e linho fino, tecelagem, e todas as outras artes e ofícios. "Bezalel, portanto, irá definir a trabalhar com Aoliabe e todos os peritos a quem o Senhor dotou com habilidade e conhecimento em saber como executar todos os trabalhos para o serviço do santuário, como o SENHOR tem ordenado. " "
Êxodo 39: 1-2, 8-14
"Com o violeta, púrpura e escarlate, eram tecidas as roupas de serviço para uso no santuário, bem como as vestes sagradas para Arão, como o Senhor tinha ordenado a Moisés. O estofo era tecido com fios de ouro e de roxo, violeta e escarlate fios e de linho fino retorcido ...
(8) O peitoral era bordado como o estofo, com fios de ouro e violeta, púrpura e escarlate sobre o pano de linho fino retorcido. ... Quatro fileiras de pedras preciosas foram montados sobre ele: na primeira linha uma carbúnculo, um topázio e uma esmeralda; na segunda fila, uma granada, uma safira e um berilo; na terceira fileira será de um jacinto, uma ágata e uma ametista ; na quarta linha um berilo, um ônix e um jaspe.Eles foram montados em filigrana de ouro. Estas pedras eram doze, para corresponder aos nomes dos filhos de Israel, e cada pedra foi gravada como um selo com o nome de uma das doze tribos. "


DESTRUÍDO COM FOGO
Deus prometeu bênçãos para os judeus se eles obedecessem, Deuteronômio 28: 8 e sete maldições se eles desobedecessem, versículos 15 -20. Aliança de Deus realizada por seu juramento. A palavra "juramento" é baseada na palavra "sete". E assim o número "sete" representa a Aliança. Em Levítico ele ameaça castigar os judeus com fogo se quebrar o Pacto.
Levítico 26: 15-16, 27-28
"... Se vocês rejeitarem meus preceitos e desprezarem os meus decretos, recusando-se a obedecer a todos os meus mandamentos e rompendo minha aliança, então eu ...
(27) Se, apesar disso tudo, você ainda persistem em desobedecer e desafiar-me, eu, também, irá encontrá-lo com fogo e vos castigarei sete vezes com a mais feroz punição por seus pecados ... "(grifei)
Ele também havia sido profetizado que Jerusalém seria destruída por um incêndio nas passagens seguintes.
Ezequiel 16: 2-3, 35, 38, 41
"Filho do homem, dar a conhecer a Jerusalém seus atos abomináveis. Assim diz o Senhor DEUS a Jerusalém ... 35 Portanto, prostituta, ouvi a palavra do Senhor! ...
38 Vou impor-lhe a sentença de adúltera e assassina, vou causar fúria e inveja em cima de vocês. ... 41 Devem queimar suas casas com fogo e executarão castigos a vocês, enquanto muitas mulheres observam. Assim, vou colocar um fim à sua prostituição, e você nunca deve dar novamente o pagamento. " (grifo nosso)
Ezequiel 23: 2-4, 17-19, 22-25, 44-47
"Filho do homem, houve duas mulheres, filhas da mesma mãe, que mesmo que as raparigas se prostituíram no Egito ... (E os seus nomes: Samaria é Oolá, e Jerusalém é Aolibá.) ...
22 Portanto, Aolibá, assim diz o Senhor DEUS: ... 25 ... Eles devem levar seus filhos e filhas, e o que resta de ti será consumido pelo fogo. ...
44 E na verdade, veio a ela como os homens vêm com uma prostituta. Assim, eles vieram para Oolá e Aolibá, mulheres lascivas.
45 Mas os homens devem puni-los com a frase dispensado às adúlteras e assassinas, por terem cometido adultério, e sangue está em suas mãos.
... 47 conjunto A pedra devê-las e cortá-los em pedaços com suas espadas. Eles devem matar seus filhos e filhas, e queimará as suas casas com fogo. " (grifo nosso)
Também veja Lamentações 2:04 e 04:11. Ezequiel 19:12, 21:2-3, 22:19-21,
Na visão profética João "Babilônia" é também mencionada para ser destruída por um incêndio.
Apocalipse 18: 8, 17
"Por isso, suas pragas vão vir em um dia, peste, dor e fome, ...
ela será consumida pelo fogo. Para poderoso é o Senhor Deus que a julga ...
(17) Em uma hora essa riqueza tem sido arruinada. "Cada comandante de um navio, todos os viajantes no mar, marinheiros e mercadores marítimos ficou à distância ..."
A queima de Jerusalém pelo fogo também tinha um significado teológico. A cidade de Jerusalém é muita vezes referida como uma filha.
Lamentações 2:15-18
"... Eles assobiam e meneiam as suas cabeças sobre a filha de Jerusalém:
"É esta a bela cidade-tudo, a alegria de toda a terra? '
... O Senhor fez como ele decretou: ele cumpriu a ameaça
Ele partiu os dias da idade, ele já destruiu e não teve piedade,
... Clama ao Senhor, gemer, ó filha de Sião! "
A infidelidade a Deus é freqüentemente comparada à imoralidade sexual.
A pena para a prostituição pela filha do sumo sacerdote apelou para uma punição especial. Era para ser queimado até a morte.
Levítico 21:09 "A filha de um sacerdote que perde a sua honra, cometendo fornicação e, assim, desonra seu pai também, deve ser queimado até a morte."
Então, quando Jerusalém foi oferecida a graça de receber a Cristo, mas rejeitou, ela foi referida como "a prostituta Babilônia", que foi posteriormente queimada até a morte.




PROSTITUTA
Assim como "Babilônia" é referida como uma vadia, uma prostituta. Jerusalém também é chamada de prostituta.
Apocalipse 17:1
"Então um dos sete anjos que estavam segurando as sete taças veio e me disse:" Venha aqui. Eu vou te mostrar o juízo sobre a grande prostituta... "
Ezequiel 16: 1-3, 26
"Assim, a palavra do Senhor veio a mim: Filho do homem, dar a conhecer a Jerusalém seus atos abomináveis:. Assim diz o Senhor DEUS a Jerusalém, por origem e nascimento que são da terra de Canaã, seu pai foi um amorreu e sua mãe hetéia ...
(26) Você se prostituiu com os egípcios, seus vizinhos sensuais, muitas vezes de modo que fui provocado à ira. "
Isaías 1:01, 21
"A visão de Isaías, filho de Amoz, que ele viu a respeito de Judá e Jerusalém nos dias de Uzias, Jotão, Acaz e Ezequias, reis de Judá ... (21) Como a cidade fiel se tornou uma prostituta, ela que estava cheia da justiça! apresentado por ela, mas agora homicidas Justiça. "
Jeremias 3:1-2,6-8
"Se um homem se divorciar de sua esposa e ela vai-se dele e torna-se mulher de outro homem,
ele vai voltar para ela? Não para que a terra seja muito poluído? Você se prostituiu com muitos amantes, e quer voltar para mim? diz o Senhor. Levantai os vossos olhos para os altos desnudos, e vê! Onde é que não prostituíste? Nos caminhos que você se sentou esperando amantes como o árabe no deserto. Você tem a terra com sua prostituição vil ... "
(6) O Senhor disse-me, nos dias do rei Josias: "Você viu o que ela fez, a infiel, Israel, como ela subiu em todo o outeiro alto e debaixo de toda árvore frondosa, e ali se prostituiu? E eu pensei: "Depois que ela fez tudo isso, ela voltará para mim", mas ela não voltou, e sua falsa irmã Judá viu isto. Ela viu que para todos os adultérios de que um infiel, Israel, tive a despediu com um decreto de divórcio, ainda que falsa irmã Judá não tinha medo, mas ela também foi e se prostituiu. "
Jeremias 5:1, 5-7
Corra para lá e para cá pelas ruas de Jerusalém, olhe e tome nota! "Procurar pelas praças para ver se você consegue encontrar um homem, aquele que faz a justiça e procura a verdade; que eu possa perdoar a ela...
(5) eu vou para os grandes, e falarei com eles, pois eles sabem o caminho do Senhor,a lei do seu Deus. "Mas eles todos iguais tinham quebrado o jugo, e estourado as algemas. Por isso um leão do bosque os matará, um lobo dos desertos os destruirá. Um leopardo está assistindo contra suas cidades, cada um que sai delas será despedaçado; suas transgressões são muitas, suas apostasias são grandes. Porque "Como eu posso perdoá-lo ? Seus filhos me abandonaram a mim, e juraram por aqueles que não são deuses. Quando eu os acumulei de bênçãos, eles cometeram adultério e marcharam para as casas de meretrizes. "
Ezequiel 23:1-5, 11, 17-19
"A palavra do Senhor veio a mim: Filho do homem, houve duas mulheres, filhas da mesma mãe ... Oolá era o nome do idoso e Oolibá do nome de sua irmã." Eles se tornaram minhas, e tiveram filhos e . Filhas Quanto aos seus nomes, Samaria é Oolá, e Aolibá é Jerusalém;. Oolá se prostituiu quando era meu e enamorou-se dos seus amantes assírios...
(11) Sua irmã Aolibá vi isso, mas ela foi mais corrupta do que a outra em seu amoroso e na sua prostituição, o que foi pior do que a sua irmã ...
(17) e os babilônios chegou a ela para o leito dos amores, e a contaminaram-na com sua luxúria, e depois que ela foi contaminada por eles, ela virou-lhes com repugnância. Quando ela exerceu a sua prostituição de forma tão aberta e exibia a sua nudez, eu me virei com nojo dela, como eu tinha mudado com sua irmã. No entanto, ela aumentou as suas prostituições, lembrando-se dos dias da sua juventude, quando se prostituiu na terra do Egito.


ASSOCIADA À besta escarlate
Compare os seguintes versos. O rei Herodes, o edomita, falsamente alegava ser o sucessor do rei Davi. "Edom" significa vermelho, [se referia a seus sucessores Esaú. ] não é por coincidência que a besta em Apocalipse 17 é escarlate.
Apocalipse 17:1-3
"Então um dos sete anjos que estavam segurando as sete taças veio e me disse:" Venha aqui. Eu vou te mostrar o juízo sobre a grande prostituta... Então ele me levou em espírito a um lugar deserto, onde vi uma mulher sentada sobre uma besta escarlate que estava cheia de nomes de blasfêmia, com sete cabeças e dez chifres. "
Vemos uma relação do mal entre a prostituta, Jerusalém apóstata, a besta escarlate, o rei Herodes, em quem está sentado. Esta aliança do mal é confirmada no Livro de Atos.
Atos 4:26-28
"'Os reis da terra tomaram sua posição e os príncipes se ajuntaram contra o Senhor e contra o seu ungido." Na verdade, eles se reuniram nesta cidade contra o teu santo servo Jesus ao qual ungiste, Herodes e Pôncio Pilatos, juntamente com os gentios e os povos de Israel, para fazer o que a tua mão e o teo propósito determinaram. "
Atos 12:1-3, 19, 21-23
"Sobre o tempo que o rei Herodes impuseram as mãos sobre alguns membros da igreja para prejudicá-los. Tinha a Tiago, irmão de João, morto pela espada, e quando ele viu que isso agradou aos judeus, ele passou a prender também a Pedro. (Era Festa dos Pães Ázimos). ...
(19) Herodes, depois de instituir uma procura, mas não conseguindo encontrá-lo, ordenou que fossem justiçadas. Então ele deixou a Judéia para passar algum tempo em Cesaréia ...
(21) No dia marcado, Herodes, vestido de trajes reais, sentado na tribuna, dirigiu-se publicamente. A multidão reunida gritou: "Esta é a voz de um deus, não de um homem." No mesmo instante o anjo do Senhor o feriu, porque ele não atribuímos à honra de Deus, e ele foi comido pelos vermes e deu seu último suspiro. "
A leitura do livro de Atos mostra muitos exemplos de líderes judeus da época atacando os cristãos. Por exemplo, Atos 7: 54 -60, 14: 4-6, 19 e 17: 5 -7. Jesus tinha profetizado em João 16:2 que seus seguidores seriam expulso das sinagogas.


CONCLUSÃO
A Prostituta Babilônia é um nome de código para Jerusalém corrupta para quem o julgamento de Deus caiu em 70 dC. 2,1 milhões judeus foram massacrados em Jerusalém em 70 dC nenhum dos cristãos que viveram lá foram mortos. Eles conseguiram fugir, deixando Jerusalém antes que os romanos chegassem. Eles tinham sido avisados como vemos na Bíblia para sair de lá. (Apocalipse 18:4 Sai dela povo meu!...)


Atenção! A Cidade do Vaticano em Roma é uma cidade-estado que existe desde 1929. Descartando assim a possibilidade dela ser a referida prostituta babilônia. Pois o livro do Apocalipse foi inscrito entre 64-68 d.C ( O Templo Judaico estava de pé quando o livro foi inscrito Apocalipse 11:1-2).


Soli Deo Gloria

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Entendendo a Profecia das 70 Semanas de Daniel

                                        
A profecia das 70 Semanas de Daniel tem sido uma das grandes profecias Bíblica que também apresenta o seu cumprimento no primeiro século da era cristã. É de admirar que inúmeros teólogos neguem isso, mais essa não é a questão. Quero então com Bíblia em mãos mostrar como ela aconteceu.
Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa Cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo. Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas; as ruas e o muro se reedificarão, mas em tempos angustiosos. E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações. E ele firmará aliança com
Muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a
Oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até a consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador. (Dn. 9:24-27)


Setenta semanas estão decretadas.

O tempo de setenta semanas é a soma de sete semanas por sete dias que é igual há 49 dias (7X7). Por simbologia profética esses dias são dias de Anos tornando-se 490 anos.


Lembre-se, o povo de Deus esteve em cativeiro na Babilônia neste tempo, por causa de sua rebelião espiritual contra Deus. Agora Deus está dizendo que foi lhes dado 490 anos para sua restauração. É importante observar que o desfecho da profecia é a ocorrência de seis resultados que seria manifesto sobre “O POVO DE DANIEL” e “A CIDADE DE DANIEL” (Daniel 9:24) A saber, os Israelitas e Jerusalém a conclamada santa cidade. (Observem o pronome possesivo no texto: TEU povo e TUA cidade) .


O 1º resultado se diz respeito ao cessar a transgressão.


O 2º resultado, para dar fim aos pecados.


O 3º resultado, para expiar a iniqüidade.


O 4º resultado, trazer a justiça eterna.


O 5º resultado, selar a visão e a profecia.


O 6º resultado, ungir o Santíssimo.


Até então vimos no que seria os resultados dentro das 70 semanas determinadas. No verso 25 e 26 temos a ordem dos acontecimentos.


Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas; as ruas e o muro se reedificarão, mas em tempos angustiosos. E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias, mas não para si mesmo; e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações. Daniel 9:25-26




A ordem para restaurar e edificar Jerusalém foi dada por Artaxerxes em 457 A.C. (Esdras 7:13-27). Dos três decretos encontrados em Esdras, os três incluem a ordem para formar um governo com a construção do templo:

- No ano 538 a.C, o rei Ciro, após conquistar a Babilônia, expede um decreto a favor do povo de Israel. Esse decreto de Ciro é destinado ao retorno dos judeus à terra natal para reconstruir o Templo e restituir os utensílios sagrados pertencentes a ele (Esdras 1:1-8, Esdras 5:13-14).

- Anos depois, em 520 a.C, em função de um pedido de ajuda provindo de Jerusalém, Dario I, confirma a mesma ordem dada anteriormente por Ciro (Esdras 6:1-13).

- Mais de 70 anos depois, em 457 a.C, o rei Artaxerxes I emite um decreto, registrado em Esdras 7:11-23, objetivando ajudar no funcionamento do Templo em Jerusalém.

Jerusalém foi mais uma vez o centro espiritual e governamental para os judeus. Da ordem para restaurar e reconstruir Jerusalém em 457 A.C. 

Até o Ungido, o Príncipe vir seriam 7 semanas, mais sessenta e duas semanas. 7 semanas + 62 semanas = 69 semanas 

69 semanas x 7 dias/semanas = 483 dias simbólicos ou 483 anos.

Se de 483 anos, subtrairmos 457 A.C. nós estaremos no ano calendário 26 D.C. O tempo para a aparição do Ungido. Jesus foi ungido pelo Espírito Santo para Seu ministério no batismo. Ele foi batizado em 26 D.C. durante o décimo quinto ano do reinado de Tibério César (Lucas 3:1) O relógio profético de Deus tinha acertado, e Jesus apareceu no tempo que a Bíblia havia previsto! A Bíblia previu precisamente o exato ano do batismo de Jesus.
Depois que identificamos o ponto de partida ao Messias, temos então um acontecimento que favorece ainda mais a ordem cronológica da profecia.


E depois das sessenta e duas semanas será cortado o Messias...


Levando em consideração as primeiras 7 semanas do verso 25, então temos 69 SEMANAS! Logo é extremamente nítido que o Senhor Jesus foi crucificado na SEPTUAGÉSIMA SEMANA!
Assim a morte do Messias estar claramente dentro do período de tempo das 70 semanas, visto que o Senhor Jesus é a figura principal do cumprimento da profecia e não a queda do templo como grande parte dos teólogos imaginam.


Os eventos envolvendo a destruição da cidade e do santuário com guerras e desolações são as conseqüências da morte do Messias! Esses eventos não ocorrem necessariamente no período do tempo das setenta semanas, eles são um adendo ao cumprimento do foco da profecia.
Então, após as setentas semanas, Israel é julgada, fazendo juízo ao resultado da morte do Messias. Foi nesse sentido que o Senhor Jesus disse: “E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.” Mateus 24:22


Quais sãos os dias que foram abreviados que o Senhor Jesus se refere?
R- Os dias do cumprimento da profecia que viria ocorrer justamente na sua morte de cruz, beneficiando assim todos os seus escolhidos. Depois, como resultado dessa morte o julgamento de Israel que veio em 70 d.C!
Até o momento (Quando o Senhor Jesus falou os dizeres descrito em Mateus 24:22), apenas um resultado da profecia tenha sido executado:


Ungir o Santíssimo. Os dispensacionalistas imaginam que essa unção se refere a o templo e o preterísmo parcial refere essa unção a igreja no dia de pentecostes. São colocações equivocadas, pois o foco é o Messias na profecia das 70 semanas e não o templo e nem tão pouco a igreja neo-testamentária.
Na verdade o Santíssimo que seria Ungido dentro do cumprimento das 70 semanas é o Senhor Jesus Cristo!
E aconteceu naqueles dias que Jesus, tendo ido de Nazaré da Galiléia, foi batizado por João, no Jordão. E, logo que saiu da água, viu os céus abertos, e o Espírito, que como pomba descia sobre ele. E ouviu-se uma voz dos céus, que dizia: Tu és o meu Filho amado em quem me comprazo. Marcos 1:9-11


O Batismo foi introdutório ao seu ministério, pois desse momento Jesus foi manifesto como o Messias de Israel.
E foi-lhe dado o livro do profeta Isaías; e, quando abriu o livro, achou o lugar em que estava escrito: O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados do coração, A pregar liberdade aos cativos, E restauração da vista aos cegos, A pôr em liberdade os oprimidos, A anunciar o ano aceitável do SENHOR. E, cerrando o livro, e tornando-o a dar ao ministro, assentou-se; e os olhos de todos na sinagoga estavam fitos nele. Então começou a dizer-lhes: Hoje se cumpriu esta Escritura em vossos ouvidos. Lucas 4:17-21
Com o Santo do santos Ungido a profecia caminhava para o ápice na crucificação do Messias, onde os outros resultados foram vistos. Veja o que ocorreu:


Cessar a transgressão. Essa transgressão diz respeito à intolerância dos judeus as admoestações da Lei e dos Profetas de Deus chegando ao ápice quando esses entregam a Jesus para ser crucificado.
Homens de dura cerviz, e incircuncisos de coração e ouvido, vós sempre resistis ao Espírito Santo; assim vós sois como vossos pais. A qual dos profetas não perseguiram vossos pais? Até mataram os que anteriormente anunciaram a vinda do Justo, do qual vós agora fostes traidores e homicidas; Vós, que recebestes a lei por ordenação dos anjos, e não a guardastes. E, ouvindo eles isto, enfureciam-se em seus corações, e rangiam os dentes contra ele. Atos 7:51-54


Ouvi, ainda, outra parábola: Houve um homem, pai de família, que plantou uma vinha, e circundou-a de um valado, e construiu nela um lagar, e edificou uma torre, e arrendou-a a uns lavradores, e ausentou-se para longe. E, chegando o tempo dos frutos, enviou os seus servos aos lavradores, para receber os seus frutos. E os lavradores, apoderando-se dos servos, feriram um, mataram outro, e apedrejaram outro. Depois enviou outros servos, em maior número do que os primeiros; e eles fizeram-lhes o mesmo. E, por último, enviou-lhes seu filho, dizendo: Terão respeito a meu filho. Mas os lavradores, vendo o filho, disseram entre si: Este é o herdeiro; vinde, matemo-lo, e apoderemo-nos da sua herança.
E, lançando mão dele, o arrastaram para fora da vinha, e o mataram. Quando, pois, vier o senhor da vinha, que fará àqueles lavradores? Dizem-lhe eles: Dará afrontosa morte aos maus, e arrendará a vinha a outros lavradores, que a seu tempo lhe dêem os frutos. Diz-lhes Jesus: Nunca lestes nas Escrituras: A pedra, que os edificadores rejeitaram, Essa foi posta por cabeça do ângulo; Pelo Senhor foi feito isto, E é maravilhoso aos nossos olhos? Portanto, eu vos digo que o reino de Deus vos será tirado, e será dado a uma nação que dê os seus frutos. E, quem cair sobre esta pedra, despedaçar-se-á; e aquele sobre quem ela cair ficará reduzido a pó. E os príncipes dos sacerdotes e os fariseus, ouvindo estas palavras, entenderam que falava deles; E os príncipes dos sacerdotes e os fariseus, ouvindo estas palavras, entenderam que falava deles; Mateus 21:33-45


Para dar fim aos pecados. Tendo o Judeu terminado a sua transgressão contra Deus Rejeitando Jesus ao ponto de crucificá-lo, logo em seguida os pecados de Israel se finda. Deus então reserva um castigo para eles! A destruição final e conclusiva do templo, que foi preservado esse castigo desde o tempo do ministério de Jesus até 70 d.C. o dar fim aos pecados indica que dentro das 70 semanas Israel completaria a sua transgressão e completado o seu pecado, Deus agiria reservando o seu julgamento para uma geração Judia (Após as 70 semanas).
Portanto, eis que eu vos envio profetas, sábios e escribas; a uns deles matareis e crucificareis; e a outros deles açoitareis nas vossas sinagogas e os perseguireis de cidade em cidade; Para que sobre vós caia todo o sangue justo, que foi derramado sobre a terra, desde o sangue de Abel, o justo, até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que matastes entre o santuário e o altar. Em verdade vos digo que todas estas coisas hão de vir sobre esta geração. Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! Quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste! Eis que a vossa casa vai ficar-vos deserta; Mateus 23:34-38


E, QUANDO Jesus ia saindo do templo, aproximaram-se dele os seus discípulos para lhe mostrarem a estrutura do templo Jesus, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada. Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam Mateus 24:1-2,34


Essas são referências claras do Julgamento dos Judeus, a geração do Senhor Jesus que ocorrera em 70 d.C.Evento esse que se culminou após a 70 semanas.
É de suma importância ressaltar que a profecia das 70 semanas tem o seu cumprimento com a morte do Messias! A destruição de Jerusalém ocorre após esse cumprimento. O foco da profecia de Daniel 9 é o Messias e a sua missão, o julgamento é apenas um adendo para deixar claro que os pecados de Israel não tinham ficado impunes por Deus.


Para expiar a iniqüidade. Significa cobrir o pecado! Esse é o resultado nítido da morte expiatória do Senhor Jesus, sendo Ele a expiação final dos rituais levíticos do templo.
De outra maneira, necessário lhe fora padecer muitas vezes desde a fundação do mundo. Mas agora na consumação dos séculos uma vez se manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo. Hebreus 9:26


Trazer a justiça eterna. Por causa dessa expiação para cobrir os pecados, a justiça eterna é efetuada.
Mas agora se manifestou sem a lei a justiça de Deus, tendo o testemunho da lei e dos profetas; Isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que crêem; porque não há diferença. Romanos 3:21-22


Selar a visão e a profecia. Esse resultado também se dá na morte expiatória do Senhor Jesus Cristo.
Antes da crucificação: E, tomando consigo os doze, disse-lhes: Eis que subimos a Jerusalém, e se cumprirá no Filho do homem tudo o que pelos profetas foi escrito; Pois há de ser entregue aos gentios, e escarnecido, injuriado e cuspido; E, havendo-o açoitado, o matarão; e ao terceiro dia ressuscitará. Lucas 18:31-33


Após a crucificação: E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos. Então abriu-lhes o entendimento para compreenderem as Escrituras. Lucas 24:44-45


Já no verso 27 de Daniel 9, temos a mesma descrição dos versos 25-26 do mesmo capítulo, definindo as 70 semanas em um firme pacto que Deus estabeleceu entre Ele e seu povo eleito de toda raça e nação.
E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; Daniel 9:27 parte A


Essa aliança que foi firmada com muitos, se refere à nova aliança. Instituída em maiores e melhores promessas, tendo o Senhor Jesus Cristo como fiador.


Bendito o Senhor Deus de Israel, Porque visitou e remiu o seu povo, E nos levantou uma salvação poderosa Na casa de Davi seu servo. Como falou pela boca dos seus santos profetas, desde o princípio do mundo; Para nos livrar dos nossos inimigos e da mão de todos os que nos odeiam; Para manifestar misericórdia a nossos pais, E lembrar-se da sua santa aliança, Lucas 1:68-72


Isso foi literalmente o resultado da crucificação do Messias.
De tanto melhor aliança Jesus foi feito fiador Hebreus 7:22


Os muitos cujo qual a nova aliança se estenderia se refere a todos os eleitos tando de Israel como dentre os gentios.
Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos; porque as iniqüidades deles levará sobre si. Isaías 53:11


Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. Ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus; Para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus. Onde está logo a jactância? É excluída. Por qual lei? Das obras? Não; mas pela lei da fé. Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei. É porventura Deus somente dos judeus? E não o é também dos gentios? Também dos gentios, certamente, Visto que Deus é um só, que justifica pela fé a circuncisão, e por meio da fé a incircuncisão. Romanos 3:24-30


Logo, essa confirmação da promessa pactual de Deus é a resolução das 70 semanas, descrita aqui como “Metade da Semana”. Justamente descreve o tempo da duração ministerial do Senhor Jesus (três anos e meio). Conseqüentemente em sua morte, o véu do templo foi rasgado de alto a baixo (Mateus 27:51). Fazendo assim cessar os sacrifícios e as abluções.
O ponto intrigante do texto é a outra metade da semana que não é definida cujo qual o Senhor Jesus teria feito a aliança com muitos.
Porém, em uma investigação minuciosa, é percebível que a outra metade da semana é referente à pregação do evangelho aos gentios! Tendo de vista que a mensagem primária pelo Senhor Jesus e os 12 apóstolos ter sido a os Judeus.


Vejamos isso na Ministração do evangelho do reino na dispensação do Espírito no evento de pentecoste:
Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra. Atos 1:8


Pedro, porém, pondo-se em pé com os onze, levantou a sua voz, e disse-lhes: Homens judeus, e todos os que habitais em Jerusalém, seja-vos isto notório, e escutai as minhas palavras. Estes homens não estão embriagados, como vós pensais, sendo a terceira hora do dia. Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel: E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, Que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne; E os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, Os vossos jovens terão visões, E os vossos velhos terão sonhos; E também do meu Espírito derramarei sobre os meus servos e as minhas servas naqueles dias, e profetizarão; E farei aparecer prodígios em cima, no céu; E sinais em baixo na terra, Sangue, fogo e vapor de fumo. O sol se converterá em trevas, E a lua em sangue, Antes de chegar o grande e glorioso dia do Senhor; E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Atos 2:14-21
Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego. Romanos 1:16


Essa consideração é extremamente válida devido a profecia das 70 semanas se referir a o Senhor Jesus Cristo e sua expiação, não o julgamento dos Judeus. O Julgamento foi conseqüência, um adendo da profecia.
E sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até a consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador. Daniel 9:27 Parte B


A abominação da desolação era o exercito Romano, que fez de Jerusalém uma total Desolação como o justo castigo sobre eles:
Disse-lhes Pilatos: Que farei então de Jesus, chamado Cristo? Disseram-lhe todos: Seja crucificado. O presidente, porém, disse: Mas que mal fez ele? E eles mais clamavam, dizendo: Seja crucificado. Então Pilatos, vendo que nada aproveitava, antes o tumulto crescia, tomando água, lavou as mãos diante da multidão, dizendo: Estou inocente do sangue deste justo. Considerai isso. E, respondendo todo o povo, disse: O seu sangue caia sobre nós e sobre nossos filhos. Mateus 27:22-25


Mas, quando virdes Jerusalém cercada de exércitos, sabei então que é chegada a sua desolação. Lucas 21:20


Porque dias virão sobre ti, em que os teus inimigos te cercarão de trincheiras, e te sitiarão, e te estreitarão de todos os lados; E te derrubarão, a ti e aos teus filhos que dentro de ti estiverem, e não deixarão em ti pedra sobre pedra, pois que não conheceste o tempo da tua visitação. Lucas 19:43-44


Lembre-se, quando o Senhor Jesus disse: “Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda;” Mateus 24:15.O Senhor despertou os seus discípulos a cerca do castigo! Do juízo de Jerusalém! Mateus 24 descreve as Predições do fim do pacto Judaico que se dá com a ruína do templo judeu que ocorrera em 70 d.C, Não especificamente a profecia das 70 semanas. Pois cinco resultados da profecia ainda haveria de ser manifesta a Israel, e isso se daria na sua Crucificação.


Soli Deo Gloria 

Seguir por e-mail

Comentários recentes